Clique e Doe Alimentos sem Custo

Obras de Jorge Luis Martins

domingo, 31 de julho de 2016

Jorge Luis Martins Agraciado com o Título de Embaixador da Paz

As organizações conhecidas como "Universal Peace Fundation" (Fundação Universal pela Paz) e "The Interreligious and International Federation for World Peace" (Federação Internacional e Inter-religiosa pela Paz Mundial) agraciaram Jorge Luis Martins com o título de Embaixador da Paz.
O certificado diz: "A UPF e a TIIFWP reconhecem como Embaixadores da Paz as pessoas cujas vidas exemplificam o ideal de viver para o bem dos outros, e que se dedicam a práticas que promovam os valores morais universais, sólida vida familiar, a cooperação inter-religiosa, a harmonia internacional, a renovação das Nações Unidas, o uso responsável dos meios de comunicação e o estabelecimento de uma cultura de paz. Transcendendo barreiras raciais e nacionais, os Embaixadores da Paz contribuem para o cumprimento da esperança de todas as idades, um mundo unificado de paz em que as dimensões espirituais e materiais da vida estejam harmonizadas."





sexta-feira, 8 de julho de 2016

Entrevista ao Jornal do Almoço da TV Paraná (Ponta Grossa)

Sempre trazendo sua história de vida como símbolo maior de esforço e renascimento, Jorge Luis Martins foi entrevistado em 08/07/2016 pela TV Paraná, no Jornal do Almoço de Ponta Grossa. Veja o vídeo:

video

quinta-feira, 7 de julho de 2016

3 anos do Projeto Pegaí - DAF Caminhões Brasil

Ainda antes de deixar Ponta Grossa, Jorge Luis Martins cumpriu prazerosamente mais uma etapa de sua viagem: palestrar para os funcionários e representantes da DAF Caminhões Brasil, em Ponta Grossa.


A DAF Caminhões Brasil, que pertence ao Grupo PACCAR, e tem sua unidade fabril situada em um terreno, em Ponta Grossa, de 2,3 milhões de m², juntamente com a Viação Campos Gerais e a Gráfica Iprint, foi a responsável pela geração da  6ª edição do livro "Meu Nome é Jorge", a qual é a edição comemorativa de aniversário de três anos do Pegaí Leitura Grátis.


Exemplares do livro "Meu nome é Jorge", em sua 6ª edição, comemorativa aos 3 anos do Pegaí Leitura Grátis, chegando para os apenados da Penitenciária Estadual de Ponta Grossa.





3 anos do Projeto Pegaí - Cadeia Pública de Ponta Grossa Hildebrando de Souza


Dando continuidade a sua lista de compromissos em Ponta Grossa, sempre vinculada às comemorações de 3 anos do Projeto Pegaí, Jorge Luis Martins visitou a Cadeia Pública de Ponta Grossa Hildebrando de Souza, com capacidade para 270 pessoas, mas que já conta com 680 apenados (fonte: difusoradoxisto.com.br) .


Assim como no Centro Sócioeducativo, Jorge Luis Martins contou sua história de vida, que inclui uma injusta passagem por uma penitenciária. Apesar de ter escolhido o caminho do bem, o ex-morador de rua foi parar atrás das grades, e assim, pode compartilhar com os apenados os momentos que, como eles, passou sem liberdade.



Na visita ao centro prisional, as lágrimas correram tanto no rosto do palestrante quanto naqueles rostos, antes endurecidos com os intrusos que adentraram nas galerias 8 e 9 da Cadeia Pública.



Com a história de Jorge - que vários deles já conheciam através do livro “Meu Nome é Jorge”, disponibilizado pelo Pegaí – alguns perceberam as oportunidades que deixaram passar. Promessas de mudanças, arrependimentos e devoção à família. Se são reais, se se concretizarão, só o tempo dirá...





3 anos do Projeto Pegaí - Palestra no Campus Central da UEPG

O auditório central da Universidade Estadual de Ponta Grossa lotou para receber o escritor, ator, empresário, palestrante e psicopedagogo Jorge Luis Martins no principal evento da série de compromissos vinculados aos festejos pelos 3 anos do Projeto Pegaí.


Durante os 3 dias em que ficou em Ponta Grossa, além da UEPG, o autor do livro “Meu Nome é Jorge” se apresentou no Instituto João XXIII, no Centro de Socieducação, na Cadeia Pública Hildebrando de Souza e na DAF Caminhões do Brasil.

Muitas foram as pessoas que fizeram questão de marcar o momento de se encontrar com o autor:

Com Henrique Lemes e Débora Januário


Com Ale Dossena: "Conhecer sua história através do livro já foi inspirador, mas ouvir as palavras do autor, infladas de emoção e sentimento, certamente é um impulso gigantesco para quem, como eu, acredita que o mundo pode se tornar um lugar melhor e mais humano."


 Com Janaína Orloski: "não conseguimos sair de lá da mesma forma como chegamos! Muito obrigada!!"


Com a Equipe do Projeto Pegaí


A palestra "Falando Verdades", proferida por Jorge Luis Martins em Ponta Grossa, está disponível no YouTube através do link:




3 anos do Projeto Pegaí - Centro de Socioeducação



Prosseguindo em sua programação em Ponta Grossa, vinculada às comemorações de 3 anos do Projeto Pegaí, Jorge Luis Martins visitou o Centro de Socioeducação, onde estão abrigados menores infratores, de 12 a 17 anos.




Lá encontrou a admiração dos meninos. “Apesar de eu ter sido preso, sempre trilhei o caminho do bem. Sabia que se eu entrasse no mundo do crime não teria nada, e ainda perderia minha liberdade”, disse. “Pelo bem eu tinha a liberdade de ser o que eu quisesse”.


No olhar dos menores, o escritor teve oportunidade de lembrar da sua própria infância. “Eu estou aqui por um motivo. Não estou falando pra vocês fazerem o mesmo que eu fiz. Estou pedindo uma reflexão”, disse em sua explanação no Cense.




quarta-feira, 6 de julho de 2016

3 anos do Projeto Pegaí - Instituto João XXIII

No dia 6 de julho, já como parte dos festejos de 3 anos do Projeto Pegaí, Jorge Luis Martins se apresentou para os alunos do Instituto João XXIII, seguindo, conforme ele mesmo diz, em sua missão.




 No instituto, cerca de 80 jovens participam do evento, entre crianças e adolescentes em situação de risco, desabrigados e alunos da escola.






terça-feira, 5 de julho de 2016

3 anos do Projeto Pegaí - Chegada em Ponta Grossa

O raiar do dia 06 de Julho assistiu a chegada do escritor, palestrante, empresário, administrador e psicopedagogo Jorge Luis Martins à Ponta Grossa, para participar das comemorações dos 3 anos do Projeto Pegaí.






A chegada de Jorge Luis Martins foi registrada com destaque pelo Jornal da Manhã!


Após lançar edição comemorativa do seu livro “Meu Nome é Jorge”, através de patrocínio da Viação Campos Gerais, DAF Caminhões Brasil e Gráfica Iprint, Jorge iniciou sua participação nas comemorações dos 3 anos do Pegaí nesta quarta-feira com palestra aberta ao público no Grande Auditório do Campus Central da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG).


Também o jornal Diário dos Campos saudou a presença de Jorge Luis Martins em terras ponta-grossenses.




Jorge Luis Martins foi convidado pelo Projeto Pegaí Leitura Grátis para participar de suas comemorações a fim de reafirmar o que seus voluntários acreditam: que livros podem mudar pessoas. “Acreditamos no poder de transformação que os livros são capazes de promover. A obra do Jorge é um exemplo disso", explica o coordenador do Pegaí, Idomar Augusto Cerutti, destacando a missão da proposta que democratiza a leitura: “Aproximar livros sem leitores de leitores sem livros”. Jorge vem somar a esta ideia. “Minha missão é transformar desesperança em esperança, mostrar que todos temos as mesmas oportunidades na vida e ajudar as pessoas a se tornarem leitores entusiasmados e confiantes”, revela. “Tudo muda quando lemos”.